viernes, 13 de noviembre de 2015

Ratón de biblioteca: Marijuana a medicina proibida / Lester Grinspoon & James B. Bakalar



A Esfera dos Livros acaba de lançar uma segunda edição, revista e aumentada, da obra «Marijuana, a medicina proibida», da autoria de Lester Grinspoon e James B. Bakalar. O livro defende o uso da cannabis com fins terapêuticos e apresenta casos de sucesso. 

Segundo Lester Grinspoon, nos últimos anos “tornou-se claro que a cannabis é um medicamento seguro e notavelmente versátil”. Daí que esta edição da obra desenvolva mais a fundo “a análise científica e sociopolítica das perspectivas de aceitação da marijuana pela Medicina”. 

O livro inclui várias histórias de pessoas que utilizaram a marijuana com objectivos terapêuticos, obtendo resultados positivos: uma mulher com esclerose múltipla, por exemplo, afirma que a marijuana não lhe aliviava apenas os espasmos musculares, mas que também lhe conferia um grau de controlo da bexiga que lhe garantiu uma renovada liberdade social. 

Apesar da ilegalidade e do preconceito associados ao consumo daquela substância, Lester Grinspoon reconhece que um grande número de norte-americanos usa cannabis com alguma regularidade, a maior parte deles acreditando que ela melhora as suas vidas: “um tema raramente discutido na imprensa”. 

O autor assegura que, em mais de duas décadas de pesquisa, leu “muito sobre a potencial nocividade da cannabis, sobretudo disparates, e muito pouco sobre o seu valor. Embora ele tenha vários aspectos, o uso clínico é um dos mais importantes e dos mais negligenciados. Cheguei à conclusão de que, se qualquer substância tivesse revelado potencialidades terapêuticas semelhantes, de par com um registo de segurança similar, os profissionais e o público teriam mostrado muito mais interesse nela”, disse. 

 Lester Grinspoon é médico e professor na Harvard Medical School, e James B. Bakalar é sub-editor da Harvard Mental Health Letter e lecciona matérias jurídicas no departamento de Psiquiatria da escola. Ambos editaram uma primeira versão desta obra, intitulada «Marijuana reconsidered», em 1971





Hoy el ratón...
aconseja "No fumar"
Publicar un comentario en la entrada