martes, 20 de noviembre de 2012

Brasil lidera investigación en fármacos...


O Brasil é líder em pesquisas biofarmacêuticas na América Latina, com investimentos nos últimos anos que permitiram ao país ser sede de importantes testes clínicos e resultaram em um aumento significativo de publicações e patentes.
Os dados fazem parte de um relatório produzido pela empresa de consultoria Charles River Associates (CRA), a pedido da International Federation of Pharmaceutical Manufacturers & Associations (IFPMA), que nesta quarta-feira (31) iniciou em Genebra sua 26ª assembleia bienal.
O estudo analisa as políticas, o entorno e a prioridade dada à inovação biofarmacêutica em oito países de renda média: Brasil, China, Colômbia, Coreia do Sul, Índia, Malásia, Rússia e África do Sul.
O relatório destaca como principais fatores de êxito uma legislação adequada e a coordenação entre o Estado e a indústria, além de uma adequada proteção à propriedade intelectual.

Ver


Click sobre imagen para ampliar

The majority of pharmaceutical R&D sites of international firms are located in the US and Europe. Of the case study countries, China is leading the list with 12 R&D centres. India (3), Brazil (1) and Russia (1) also host R&D centres of international pharmaceutical companies

Clinical trial activity is undertaken in many locations. Middle-income countries host 15% of the clinical trials. Of the middle-income case study countries, China and Brazil have had the highest number of clinical trials to date


There has been some progress in the level of innovative activity in all of the case study countries. However, the extent of progressvaries significantly.



Policies that encourage innovation in middle-incomecountries Key Findings
Publicar un comentario